Laboratório-de-Eletricidade-02

04. Engenharia

SERVIÇOS DE INSPEÇÃO E ADEQUAÇÃO CONFORME NR 13

Os serviços de inspeção e adequação da Makil são feitos de acordo com a NR 13, que estabelece prazos, documentações necessárias e responsabilidades no trato de vasos de pressão, caldeiras e tubulações. Possuimos corpo técnico habilitado de engenheiros para realização de inspeções periódicas em vasos de pressão, caldeiras e tubulações, conforme prazos determinados na NR 13.Também realizamos o trabalho de recomposição de prontuários, se necessário.

O que é exatamente NR 13?

A norma regulamentadora nº 13, recebeu o título de NR-13 Caldeira, vasos de pressão, tubulações e tanques metálicos de armazenamento. É uma norma que trata das inspeções

e determinado no item 13.3.1 que se constitui risco grave e iminente o não cumprimento de qualquer item previsto nesta norma, que possa causar acidente ou doença relacionada ao trabalho.

Quais os prazos para inspeções?

A NR 13 determina no item 13.4.4.4 os prazos máximos para inspeções periódicas de caldeiras:

  • 12 meses para caldeiras categorias A e B;
  • 15 meses para caldeiras de recuperação de álcalis de quaisquer categorias;
  •  24 meses para caldeiras da categoria A, desde que aos 12 meses sejam testadas as pressões de aberturas das válvulas de segurança.

Para vasos de pressão, no item 13.5.4.5, os prazos máximos para inspeções periódicas são os seguintes:

a)      para estabelecimentos que não possuam SPIE (serviço próprio de inspeção de equipamentos):

Categoria do vasoExame externoExame interno
I1 ano3 anos
II2 anos4 anos
III3 anos6 anos
IV4 anos8 anos
V5 anos10 anos

b)      para estabelecimentos que possuam SPIE (serviço próprio de inspeção de equipamentos):

Categoria do vasoExame externoExame interno
I3 ano6 anos
II4 anos8 anos
III5 anos10 anos
IV6 anos12 anos
V7 anosa critério

Para as tubulações, no item 13.6.3.3 está definido que o prazo máximo para inspeção periódica de tubulações deve atender ao prazo máximo da inspeção interna do vaso de pressão ou caldeira mais crítico interligado diretamente a tubulação, sendo limitado a no máximo 10 anos.

Quais ítens abrangem a recomposição de prontuários?

  • caracterização técnica do vaso / caldeira: levantamento de todas as informações de fabricação do vaso, códigos de projeto, especificações de materiais, determinação da PMTA, características funcionais, dados dos dispositivos de segurança, entre outros;
  • registro de segurança: abertura de livro de registro para anotação de todas as intervenções mecânicas realizadas no vaso de pressão / caldeira;
  • relatório de inspeção de segurança periódica: execução de inspeção periódica no vaso de pressão / caldeira;
  • placa de identificação: confecção de placa metálica que deve ser fixada no equipamento, contendo os dados de fabricação do vaso de pressão / caldeira;
  • certificados de calibração dos dispositivos de segurança: calibração e emissão de certificados de calibração para os indicadores de pressão e válvulas de segurança ligadas diretamente no vaso de pressão / caldeira.

Inspeção de Tubos de Lucite

Serviços de inspeção para tubos de Lucite

Conforme periodicidade definida na norma ASTM D1657 os tubos de lucite utilizados para determinação de densidade de gás GLP devem passar pos inspeções para verificação de sua integridade.

Deve ser realizado um teste hidrostático no tubo de acrilico, a fim de garantir que o mesmo suportará a pressão de trabalho.